Últimos posts
Tema - Comunicação
Tema - entornos de arquitectura

Novas formas de divulgação da Arquitetura

Imagen © Óscar López Rogado

Todos consultámos milhares de revistas de arquitetura como referência ao longo dos nossos estudos ou da nossa carreira profissional, fosse por um projeto em concreto, por um detalhe ou uma forma de representação.

Os arquitetos consultam alguma das revistas de arquitetura que nós avidamente estudávamos?

A resposta é que provavelmente não. Não acho que seja por falta de interesse, mas porque são revistas de arquitetos, escritas por e para arquitetos, apenas com a finalidade de difundir a arquitetura entre o coletivo, sem o interesse de divulgar a arquitetura além do nosso ambiente profissional. Geralmente estes meios falam exclusivamente de grandes obras, de orçamentos ilimitados e quase sempre do mesmo grupo de arquitetos.

Mas os tempos mudaram e as possibilidades que oferece a internet permite que nós, os mais pequenos, tenhamos uma voz, dando-nos a possibilidade de mostrar à sociedade a necessidade de contar com um arquiteto, por mais pequeno que seja o trabalho que tenha previsto realizar.

De que meios dispomos para divulgar a arquitetura?

A internet está cheia de possibilidade para todos aqueles que estejam dispostos a fazer um esforço e que dediquem o tempo suficiente para oferecer um conteúdo interessante para a sociedade sobre la arquitetura, o trabalho do arquiteto, os seus projetos pessoais ou as grandes obras-primas.

Blogs e publicações digitais

Os blogs e as publicações digitais, que me parece um termo mais acertado, permitem-nos aportar esse pequeno grão de areia, essa abordagem diferente e diferenciadora que qualquer um de nós, se tivermos vontade de divulgar, podemos chegar a fazer. Mas um blog pode ir mais além de uma mera publicação, pode ser um foro de debate, um diretório especializado, uma rede de intercâmbio ou inclusive um catálogo de arquitetura.

Redes sociais

Na época do grande boom das social media, dos community managers e dos marketing online, as redes sociais são uma ferramenta fundamental como estratégia de comunicação e fidelização, e, claro, para divulgar arquitetura, seja fazendo eco (e não ruído) de uma publicação digital ou criando um conteúdo exclusivo para as redes sociais. Além do Facebook ou do Twitter, há redes sociais de video, de fotografia, profissionais, algumas até especificas de arquitetura, embora estas sejam novamente de arquitetos para arquitetos.

Podcast de áudio e vídeo

Um podcast é, basicamente, um arquivo de áudio ou video distribuido na internet, algo semelhante a um pequeno programa de rádio ou de televisão realizado por nós próprios. Talvez seja a opção que menos público tem das que exponho hoje, mas também é a menos explorada e a que mais trajeto tem pela frente. Há muito poucos podcasts de arquitetura e menos ainda orientados a um público geral.

No entanto, os meios anteriores não deixam de ser só ferramentas, tal como as revistas ou os livros. O importante é a abordagem pessoal que lhe damos e a possibilidade que temos de divulgar a arquitetura fora dos canais convencionais, simplesmente destacando os arquitetos e arquitetas cujo trabalho impacta profundamente na sociedade.

A chave está em divulgar, que segundo a definição da palavra é, nem mais nem menos publicar, tornar público; dar a saber; espalhar;.

Que outras formas de arquitetura se podem propor?

Nota: Omiti intencionalmente qualquer referência a blogs, perfis sociais ou podcasts para que cada um pense naqueles que consulta habitualmente como referência ou nos quais gostaria que existissem e que ainda não encontraram.


Texto traduzido por Inês Veiga.
Autor:
Luis Sánchez Blasco – Arquitectos Madrid 2.0 y COSAS de ARQUITECTOS . Soy arquitecto y junto a Tomás Fernández tratamos de dar a nuestros clientes el mejor servicio posible en Arquitectos Madrid 2.0. Desde 2010 edito la Revista Digital de Arquitectura, COSAS de ARQUITECTOS con la intención de mostrar ciertos aspectos de la profesión y la arquitectura. Actualmente realizo diversas labores de comunicación en distintos formatos como puede ser el blog, el podcast y la docencia.

Deja un comentario

Tu correo no se va a publicar.

*

Últimos posts