Últimos posts
Tema - entornos de arquitectura
Tema - Novos arquitetos
PlayStudio

O docente, a arquitetura e outras coisas para exercer

Embora a relação da arquitetura face a outras disciplinas tenha sido historicamente uma boa desculpa para inovar e situar os seus arquitetos numa posição diferenciada, nos dias de hoje, e devido ao seu contexto económico, converteu-se praticamente numa necessidade. A #expoEXPORT,de Edgar González, confirma-o ao ponto de se começar a suspeitar de que esta situação “já não é uma novidade” mas sim uma parte da nossa “normalidade” profissional.

 No entanto, esta outra “normalidade” tornou-se uma fonte continua de controvérsias. Temos o recente caso de ARQUIA PRÓXIMA 2014, cuja seleção resume bem este novo panorama. Mas esta situação transcende o profissional, claro. Para os que nos dedicamos ao ensino, existe a dúvida existencial de em que tipo de arquitetura devemos educar os novatos. E o que é Arquitetura? La vamos nós outra vez…! Talvez a melhor resposta seja a do nosso caro Enrique Nieto, quem, utilizando a definição de ciência de Bruno Latour em A Esperança de Pandora, propõe que “a Arquitetura não é um conceito imutável mas algo que se define continuamente através das práticas dos arquitetos num determinado momento”. Assim, a Arquitetura é simplesmente o que estão a fazer atualmente os arquitetos. E o que já parece ser indiscutível é que as práticas da arquitetura se estão a ampliar e a diversificar (mas não a substituir). Ou seja, é difícil enunciar com clareza o que é a Arquitetura já que se trata de um conceito que está em contínuo crescimento. Neste sentido, acreditamos que existe um risco mais elevado quando importamos – em forma de simulacros – essas novas maneiras de fazer diretamente aos estabelecimentos de ensino de arquitetura. Talvez seja pela nossa incapacidade de reproduzi-las (seja por que motivo) ou, talvez, porque quando as tenhamos compreendido, racionalizado e apresentado já estejam obsoletas ou tenham sido substituídas por outras.

Nesta conversa entre Federico Soriano e Agustín Fernández Mallo para a revista Arquitectura nº370, ambos celebram estas mudanças da arquitetura em direção a outras disciplinas. Fernández Mallo define-o como “a periferia” da arquitetura visando, no entanto, que “esta é uma condição necessária embora não suficiente”. Soriano, por sua vez, esclarece que “o importante não é a visão que te saca da disciplina, o importante é como o trazes de volta ao teu campo.”

Tudo isto faz-nos, desde a docencia, pensar numa diferenciação definida e que pode clarificar o assunto: Arquitetura vs arquitetónico. A arquitetura na sua relação com outras disciplinas é uma ideia difícil de abalizar, é mutável, indeterminada, volátil… No entanto, há algo em comum a todas as suas diferentes práticas: o arquitetónico; o que, muito além da re ædificatoria, torna o nosso trabalho em algo específico e que, na sua relação com outras disciplinas, produz arquitetura. A nossa educação holística (técnica, humanística…) é um dos grandes calores da nossa especificidade. Izaskun Chinchilla, numa recente visita à Universidade de Alicante, defendia a formação politécnica – para surpresa de muitos – como uma grande vantagem competitiva do arquiteto formado em Espanha. Independentemente de que isto seja certo ou não, a isso vamos.

Por isso, desde a docência, sentimo-nos mais cómodos ao mudar a responsabilidade de enunciar a Arquitetura (com Maiúscula) em direção ao compromisso de entender o que é o arquitetónico, o que permitirá aos nossos alunos converter em Arquitetura qualquer parcela da realidade na que finalmente decidam habitar.

Conclusão, a nossa proposta é: tentar transmitir o que é arquitetónico, mas deixar que eles definam o que é Arquitetura.


Autor do texto: Iván Capdevila
Texto traduzido por Inês Veiga
Autor:
- Iván Capdevila y Vicente Iborra - Profesores de la Universidad de Alicante en la actualidad, desde el 2003 viven, trabajan, estudian, investigan y dan clases en lugares tan dispares como España, Reino Unido, Austria, Noruega, Corea, Méjico, Bielorrusia…

Deja un comentario

Tu correo no se va a publicar.

*

Últimos posts